MANOEL JOAQUIM DE CARVALHO JUNIOR – 101 ANOS MORRE UM GRANDE BRASILEIRO E BAIANO

Surpreendeu-me, hoje, pela manhã, a notícia no obituário dos jornais sobre a morte de Manoel Joaquim de Carvalho Junior, aos 101 anos. Conheci-o desde a juventude nossa em grupos de Ação Católica. Depois pelos anos seguintes sempre nos víamos e nos encontrávamos em eventos religiosos, políticos, sociais e culturais. Continuando a trajetória de seu pai em grande firma no Comércio de Salvador, a Manoel Joaquim de Carvalho, de nascimento português, visitando a mesma e depois no seu escritório que continuava na dinamização da firma, sobretudo nos negócios de cacau, fumo e assim por diante. Com a praga da bruxa, o cacau caiu e assim outros produtos pelo desmazelo de tantos comerciantes, negociantes e industriais. A nada Manoel respondia de maneira abrupta. Com o CEPA sempre colaborou de duas formas: enviando dinheiro e colaborando financeiramente com a Revista CEPA Cultural e outros trabalhos da então próspera, de maneira não imaginada, a Editoração CEPA. Ultimamente, vimo-nos na Igreja de Santa Tereza numa festividade da UFBA. Membro da Academia Brasileira de Filosofia, na Bahia colaborou nas atividades culturais e de editoração dos professores Francisco Pinheiro Lima Junior e Dinorá D’Araújo Berbert de Castro, em setores dedicados à Filosofia. A Bahia, e diria mesmo o Brasil, perde um grande filho. Dados sobre Manoel Joaquim de Carvalho Junior transcritos do livro Da Filosofia e do Filosofar, página 121, 122, 123: Vejamos agora um baiano, filho de industrial, que seguiu a trajetória do pai, como empresário e se fez filósofo. Manoel Joaquim de Carvalho Junior escreveu La Conscience n’existe par sans la liberte. O professor e filósofi Jorge Jaime, cujos três volumes de Filosofoa no Brasil foram publicados pela Unisal – Vozes, 1997 declara: “Não estranhe o título em francês, é estranho que um brasileiro, baiano, filósofo, publique os seus trabalhos na Europa primeiramente, esquecido de que pertence a uma cultura vicejante, efervescente que surge nos trópicos brasileiros. É um filósofo brasileiro, em francês, em espanhol, em inglês, em alemão”. A edição completa de Em busca do ser saiu em francês, em 1961 (editora Colombe – Paris). Em 1964, pela Editora Nacional de Madrid – Em busca del ser. A síntese deste volume feita pelo pensador Blaise Pons e lançado em alemão em 1976 pela Stron-Verlag Zürich e em inglês em 1984 por editora americana, em Nova York (EUA).

Manoel Joaquim de Carvalho Junior publicou a edição portuguesa pela GRD – São Paulo, SP em 1987. Baiano, nascido em Salvador em 07 de maio de 1925. Ainda vivo nos dias atuais, fez o curso secundário, no colégio Antônio Vieira e Marista, ainda fez curso de Filosofia no Colégio Santo Inácio no Rio.

Em 1948, bacharelou-se e Direito pela Universidade Federal da Bahia. Completou curso de Comércio e Finanças pela Faculdade de Ciências Econômicas. Presidiu a firma de seu pai, português, localizada no Comércio (Salvador, BA) A Manoel Joaquim de Carvalho tratava de exportação de Cacau e café, cultivos de cacaueiros, seringueiras e criação de gados, atuação nas bolsas de valores e de cacau, corretagem de câmbio, industrialização de frutas tropicais e cultivo de laranja, abacaxi, maracujá, etc.

A firma é de 1877 e decaiu pouco a pouco com a bruxa do cacau e outros fatores ambientais a partir de 1980. De 1974 a 1978, o filósofo foi vice-presidente do Banco Econômico. Ocupa a cadeira 28 da Academia Brasileira de Filosofia.

Obras publicadas: Deus e liberdade (Paris, Librarie Pierre Téch); Deus e liberdade – a lberdade essa invenção divina, pela Mensageiro da Fé, Salvador, 1971; 330 pg.

Em francês, editora Lar Palatine, 1970, Cartas a Minha Mãe – Tu a quem tanto amei, Rio de Janeiro, Forum, 1971. A dinâmica ontológica do espírito – Gênese do Pensar, Neuchatel, Suíça, Editions de Salates. Este trabalho não há publicação em português. Contra Marx Filósofo, 1977; Traduzido para o português. Escreveu ainda, sem tradução para o português: Le development de La filosophie.

Autores que mais influenciaram Manoel Joaquim de Carvalho Junior: Aristóteles, Platão, Hegel, Agostinho de Hipona e Tomás de Aquino e, com discordâncias, Heidegger.

Exposto assim a personalidade desse realmente filósofo e realmente pensador, realmente acadêmico Manoel Joaquim de Carvalho Junior mereceria das nossas academias, as várias que existem, uma palavra, uma homenagem, uma lembrança. Os que dissentiram de sua forte dialética e coragem, deixem-no, pois não pode mais defender-se ou acusar. Eu, Germano, e o CEPA faremos brevemente uma revisão da vida e obra de Manoel Joaquim de Carvalho Junior em reunião do CEPA.

Descanse em paz de tanta luta e da capacidade de não se envenenar psicologicamente. Deus o tenha.

 

Germano Machado.

This entry was posted in Artigos, CEPA. Bookmark the permalink.

One Response to MANOEL JOAQUIM DE CARVALHO JUNIOR – 101 ANOS MORRE UM GRANDE BRASILEIRO E BAIANO

  1. Vanda Angélica da Cunha says:

    Caríssimo Professor Germano Machado – honra e glória da intelectualidade baiana, fundador e presidente vitalício do CEPA – Círculo de Estudo Pensamento e Ação. Sua vida e sua obra são a verdadeira Apoteose que lhe tributam todas as pessoas, como eu, que tiveram o privilégio de lhe conhecer e no convívio diário aprender a lhe admirar, a lhe cultuar como o homem sábio, simples, digno e vigoroso que educa, instrui, proclama em prosa e verso o valor de se resgatar, registrar e disseminar a Memória de personalidades, instituições, movimentos e espaços humanos onde a vida e a obra insígnes sejam contempladas como um patrimônio da humanidade. Parabéns por seu gesto fraternal da homenagem póstuma, publicada no site do CEPA ao nosso ilustre Confrade na Academia Baiana de Educação, o Professor Hermano Augusto Palmeira Machado. E, igualmente, a Manoel Joaquim de Carvalho Júnior, operoso dirigente comercial baiano e homem de uma cultura extraordinária como se constata na leitura do seu depoimento pleno de informações valiosas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *