PERSPECTIVAS DO CEPA PARA O FUTURO

É com grande alegria que comunicamos a passagem da Direção Geral do CEPA a minha filha espiritual Graciela Santos Elgart e a minha filha Raquel Maria Machado de Queiroz. Vale ressaltar que, desde 1986 até hoje, Graciela deu força e vida ao CEPA; igualmente Raquel, junto com a irmã Rita, e o grupo do CEPA, entre 79-87, trabalhou diretamente na formação da Revista CEPA Cultural e outros trabalhos.

Meu filho falecido Luís Germano, ao lado de Alexandro Jesus Santos, também com meu filho Davi Bernardo, na parte de ilustração, contribuíram para todo esse trabalho cepiano.

Vale ressaltar que Graciela trabalhava muito sobre os meios de comunicação: rádios, TVE e outros meios de difusão de fatos e ideias.

Temos certeza de que Graciela na Direção como Presidente do CEPA e Raquel na Vice-Presidência do mesmo levarão adiante esta missão. Do mesmo modo, temos certeza de que toda a Diretoria, Conselho e todos os cepistas, históricos ou atuais, ficarão contentes com a nova perspectiva cepiana.

 

Germano CEPA Machado, como é costume de Graciela colocar.

Fundador dessa entidade

This entry was posted in CEPA, Notícias. Bookmark the permalink.

2 Responses to PERSPECTIVAS DO CEPA PARA O FUTURO

  1. Pois então mestre, sempre chega um momento que é preciso mudança. Durante tanto tempo você conduziu esta entidade com zelo. Muito zelo. Mas Depois de quase 64 anos a frente de tudo, você decide que é preciso passar a bola adiante. Sempre sábias suas decisões. A bola será doravante muito bem conduzida. Nós acreditamos nisso. O CEPA seguirá trilhando grandes caminhos. O CEPA não morrerá! Parabéns a todos que participaram e aos que ainda participam dessa luz que prossegue guiando tantos passos.
    Viva o mestre Germano! Viva o Cepa!
    Josue Ramiro Ramalho

    • elder says:

      Prezado Josué,

      Agradecemos por suas palavras tão amigas e de reconhecimento que é importante para nós. Com a amizade de sempre, GM e Elder.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *